quinta-feira, 3 de abril de 2014






O nevoeiro adensa
Todo o meu sentimento fantasma
De ser, sem o ser,
Vazio inerte no espaço…
A sombra fugaz desistiu de me acompanhar
A luz dos meus olhos
Tornou-se escura
Para refletir e ser luminoso

2014-03-29

Catarina Dinis..

1 comentário: